Filho
29 março, 2016
Postado por:

6 Dicas para ajudar o seu filho a fazer amigos!

amizade 1

Para algumas crianças fazer amigos e cultivar amizades que durem por longos anos é um enorme desafio. Eu mesma fui uma criança muito tímida e sei como é difícil socializar com pessoas estranhas ou que conhecemos pouco. Sofri muito com isso quando era pequena… A verdade é que não podemos fazer amigos para os nossos filhos, esta é uma tarefa só deles. Mas podemos ajudá-los nessa tarefa que só trará benefícios ao longo de suas vidas.

1- Seja exemplo para seus filhos

Todo mundo já sabe: as crianças aprendem muito mais com as ações dos pais do que com o que eles dizem. Portanto, cultive as SUAS verdadeiras amizades. Chame suas amigas para a sua casa, saia com elas, ofereça ajuda quando necessário, dedique um pouco do seu tempo a estas pessoas. Deixe que o seu filho veja o quanto a presença de amigos é importante na sua vida!

2- Ajude o seu filho a identificar o amigo/amiga ideal para ele

amizade 2

Algumas crianças adoram fazer parte de grandes grupos de amigos enquanto outras se sentem mais `a vontade interagindo com um único amiguinho. Algumas adoram participar de atividades ao ar livre enquanto outras preferem se divertir de forma mais tranquila com jogos ou construindo Legos. O mais importante na construção da relação com os amigos é respeitar a personalidade de cada criança, deixe-a interagir com as outras crianças da forma que ela se sinta mais `a vontade. Não leve em conta o que você acha que ela deveria fazer e sim o que a deixa feliz. A amizade é para ser uma relação prazeirosa, não um dever social!

4- Use histórias e filmes que falem de amizade para te ajudar a ensiná-lo sobre o valor da amizade

Filmes e histórias são um ótimo recurso para ajudar você a se comunicar com o seu filho se ele for uma criança tímida, com dificuldade de fazer amigos. Muitas crianças se sentem mais `a vontade para discutir assuntos da vida real `a partir de histórias e filmes. Uma dica é vocês assistirem juntos o filme O Bom Dinossauro, da Pixar. O filme conta a sobre amizade entre Arlo e Spot e fala sobre a diferença que os amigos podem fazer na vida das pessoas. Também ensina o que se deve fazer para conquistar novos amigos.

4- Ensine-o o essencial

Mostre ao seu filho o que fazer para se juntar a um grupo no parquinho, na escola ou em festinhas de aniversário. E ensine-o a deixar que outras crianças se aproximem dele para brincar e começar uma nova amizade. Frases com: “Qual o seu nome?” ou “Qual a sua brincadeira favorita?” devem ser ensinadas a eles como uma forma de se apresentar e iniciar uma conversa que poderá resultar em uma amizade duradoura!

Também é importante educar o seu filho a interpretar a linguagem não verbal. A leitura da linguagem corporal e das expressões faciais pode ajudar a antecipar se a outra criança está ou não disposta a interagir com o seu filho. Assim ele saberá se pode ou não se aproximar do futuro amiguinho em potencial.

5- Organize atividades sociais para que seu filho interaja com outras crianças

Você pode fazer com que seu filho socialize com outras crianças organizando uma pequena reunião com os amiguinhos em potencial da escola ou do condomínio/ vizinhança. Conheça os pais dessas crianças e abra a sua casa para que os pequenos possam visitar e brincar. Encoraje o seu filho a participar das atividades extra-classe, pois esta é uma ótima forma de ampliar o círculo social dele para além da sala de aula.

6- Não pressione o seu filho

Não deixe transparecer para o seu filho a sua preocupação com a dificuldade dele em fazer amigos. Como eu já disse anteriormente, amizade é para ser uma coisa prazeirosa, não uma obrigação social. Apoie seu filho e deixe-o perceber que você estará sempre ao lado dele para oferecer conforto e conselhos quando ele precisar. Não o julgue por sua dificuldade em fazer novos amigos. Afinal você quer ajudar e não transformar este assunto em um grande peso para ele, não é mesmo? Portanto, evite bombardeá-lo com perguntas sobre amigos e vida social. Permita também que ele passe um tempo sozinho consigo mesmo. Isso também é saudável, desde que não ocupe muito tempo da rotina dele. Deixe que ele tenha a sua própria zona de conforto. Afinal, trata-se da vida deles  e eles devem ser capazes de vivê-la da forma mais autentica possível!

amizade 6

*Este post foi uma adaptação  de um texto de The Jenny Evolution. Como a leitura deste texto me ajudou muito a orientar a minha filha mais velha a enfrentar a timidez e fazer novos amigos achei que seria importante dividir aqui com vocês.

 

 

 

 

Posts Relacionados

Faça um comentário no blog deste assunto

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

TOPO